Notícia

Técnica aplicada à ressonância magnética sem uso do gadolínio pode identificar alterações no músculo cardíaco

Nova técnica computacional não necessita do uso de gadolínio, que pode afetar os rins

WMG, Universidade de Warwick

Fonte

Universidade de Warwick

Data

quarta-feira, 4 setembro 2019 15:05

Áreas

Cardiologia. Computação. Diagnóstico. Ressonância Magnética.

A ressonância magnética é usada para diagnosticar doenças cardíacas, como cardiomiopatia, ataques cardíacos ou batimentos cardíacos irregulares, por exemplo. Tradicionalmente, quando um paciente faz uma ressonância magnética, recebe uma dose de gadolínio, que reage ao campo magnético do scanner para produzir uma imagem dos prótons no metal realinhados com o campo magnético. Quanto mais rápido os prótons se realinham, mais brilhante a imagem se apresenta e pode mostrar onde estão os músculos inativos no coração e qual é o diagnóstico. Porém, a dose de gadolínio pode ter efeitos prejudiciais para outras partes do corpo, particularmente em relação ao risco de insuficiência renal.

Uma nova técnica de computação aplicada à ressonância magnética 3D desenvolvida por cientistas da Universidade de Warwick, no Reino Unido, e publicada no último dia 28 de agosto na revista científica Scientific Reports  enfoca a técnica chamada de Correspondência Hierárquica de Modelos (HTM, da sigla em inglês), que envolve:

  • Uma técnica numericamente estável de rastreamento miocárdico do Ventrículo Esquerdo
  • Uma extensão 3D da função média ponderada local para transformar pixels de ressonância magnética
  • Uma extensão 3D da técnica original para problemas de rastreamento do miocárdio

Com a aplicação da técnica, portanto, não seria necessário o uso do gadolínio, reduzindo o risco de danos a outros órgãos. O professor Dr. Mark Williams, da Universidade de Warwick, comentou: “Usando a técnica de computação por ressonância magnética 3D, podemos ver com mais profundidade o que está acontecendo com o coração, mais precisamente com cada músculo cardíaco, e diagnosticar problemas como a remodelação do coração que causa insuficiência cardíaca. O novo método evita o risco de danificar os rins, ao contrário dos métodos tradicionais que fazem uso do gadolínio. ”

“Essa nova técnica de ressonância magnética também elimina o estresse do paciente, pois durante uma ressonância magnética o paciente deve estar muito quieto em um ambiente fechado, o que significa que algumas pessoas sofrem de claustrofobia e precisam interromper o exame; geralmente quando fazem isso, precisa ser administrada outra dose do gadolínio para que o exame continue. Essa técnica não requer nenhuma dosagem [de gadolínio], pois rastreia o coração naturalmente”, concluiu Jayendra Bhalodiya, doutorando que conduziu a pesquisa na Universidade de Warwick.

Acesse o artigo científico completo (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Warwick (em inglês).

Fonte: Alice Scott, universidade de Warwick. Imagem: WMG, Universidade de Warwick.

 

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Canal Farma | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Ciências Farmacêuticas, Tecnologias e Saúde da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account