Notícia

Cientistas usam nanozimas na epiderme com microagulhas dissolvíveis para rápida regeneração do cabelo

Equipe de pesquisadores projetou um patch de microagulhas integrado a nanozimas de céria que pode aliviar o estresse oxidativo e promover a angiogênese simultaneamente para remodelar o microambiente perifolicular para o tratamento da alopecia androgenética

Pixabay

Fonte

Universidade Zhejiang

Data

terça-feira, 12 outubro 2021 06:50

Áreas

Bioquímica. Nanotecnologia.

A perda de cabelo está se tornando um problema cada vez mais comum. Mais de 50% da população em geral experimenta queda de cabelo em algum momento de sua vida e isso afeta as imagens corporais, as interações sociais e a saúde psicoemocional dos indivíduos.

Mas recentemente, uma equipe de pesquisa liderada pelo Dr. Gao Jianqing e pela Dra. Li Fangyuan, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade Zhejiang, na China, projetou um patch de microagulhas (Ce-MN) integrado a nanozimas de céria (CeNZ)  que pode aliviar o estresse oxidativo e promover a angiogênese simultaneamente para remodelar o microambiente perifolicular para o tratamento da alopecia androgenética (AAG). Os resultados da pesquisa foram publicados na revista científica ACS Nano.

A forma mais comum de queda de cabelo é a AAG, uma doença crônica e progressiva. Embora vários medicamentos clínicos tenham sido usados para o tratamento da AAG, ainda não foram alcançados resultados satisfatórios. Além disso, também há a possibilidade de efeitos colaterais.

A principal causa da AAG é a desregulação do nicho do folículo piloso (FP), geralmente induzida por insuficiência vascular ou estresse oxidativo no microambiente perifolicular.

A vascularização inadequada na região calva de pacientes com AAG resulta na entrega insuficiente de nutrientes e outras moléculas bioativas para os FPs, restringindo assim a transição de FPs de telógeno para anágeno.

Além da vascularização inadequada, o estresse oxidativo se sobrepõe aos mecanismos de defesa antioxidante inatos e, portanto, provoca apoptose celular no FP. Além disso, as espécies reativas excessivas de oxigênio (ROS) podem desencadear a senescência prematura das células da papila dérmica e, subsequentemente, suprimir a conversão telógena em anágena de FPs por meio da mediação da sinalização androgênica e da ativação.

Os patches Ce-MNs são caracterizados por sua notável resistência mecânica e podem ser administrados de forma eficiente na pele. O patch Ce-MN pode remodelar o microambiente oxidativo em torno de FPs, fornecendo assim uma estratégia promissora para o tratamento da AAG.

Os patches podem entregar as nanozimas de céria carregadas na derme e epiderme diretamente para eliminar espécies reativas excessivas de oxigênio com catalase e atividades miméticas de superóxido. Já a estimulação mecânica induzida pela administração das microagulhas é capaz de remodelar a microvasculatura da pele, beneficiando assim a indução da fase anágena dos FPs. O sistema Ce-MNs pode, portanto, promover a regeneração do cabelo.

“Este tipo de CeNZ é marcado por uma forte atividade enzimática e pode eliminar uma variedade de ROS, incluindo ânions superóxidos, radicais hidroxila e peróxido de hidrogênio, melhorando assim o microambiente do FP. A partir de nossos testes em células e também em animais, o uso de CeNZ pode promover significativamente a ativação do FP com poucos danos às células da pele ou células do FP ”, disse o Dr. Gao, acrescentando que ainda há um longo caminho a percorrer da bancada à disponibilização aos pacientes.

“As nanozimas [nanopartículas sintéticas que agem funcionalmente como uma enzima] com identidades duplas de nanomateriais e enzimas têm vantagens únicas. Estamos comprometidos com a síntese controlável e as aplicações médicas das nanozimas. Além deste estudo, já verificamos seu excelente efeito terapêutico em lesões hepáticas induzidas por drogas, cicatrização de feridas diabéticas e assim por diante. Esperamos continuar a fazer novos avanços no campo das nanozimas”, concluiu a Dra. Li Fangyuan.

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade Zhejiang (em inglês).

Fonte: Universidade Zhejiang. Imagem: Pixabay.

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Canal Farma | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Ciências Farmacêuticas, Tecnologias e Saúde da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account