Destaque

Nos EUA, pesquisadores desenvolvem inibidor de checkpoint ‘glico-imune’ para imunoterapia em caso de metástase óssea de câncer de mama

Fonte

Universidade Rice

Data

domingo. 28 maio 2023 11:25

Pesquisadores da Universidade Rice e do Baylor College of Medicine, nos Estados Unidos, esperam que um inibidor de checkpoint ‘glico-imune’ possa ser a chave para parar a metástase de câncer ósseo em sobreviventes de câncer de mama.

O câncer de mama geralmente migra para outros órgãos. Até 40% das sobreviventes de câncer de mama são diagnosticadas com câncer metastático, às vezes anos após o tratamento inicial. A metástase óssea está envolvida em mais de dois terços desses casos, e as lesões metastáticas ósseas são conhecidas por ‘semear’ o câncer metastático em outros órgãos do corpo.

O químico Dr. Han Xiao, da Universidade Rice, e o biólogo Dr. Xiang Zhang, do Baylor College, identificaram uma nova maneira de treinar o sistema imunológico dos pacientes para atingir e eliminar especificamente o câncer metastático ósseo. Graças a um aporte de US$ 2,3 milhões (cerca de R$ 11,5 milhões) do Programa de Pesquisa de Câncer de Mama do Departamento de Defesa dos EUA, eles poderão testar ainda mais a tecnologia e verificar se ela evolui para o desenvolvimento de testes clínicos em humanos.

O professor Han Xiao disse que o câncer ósseo metastático pode comprometer a estrutura óssea dos pacientes, deixando-os propensos a fraturas que muitas vezes requerem cirurgia: “Para a metástase óssea no momento, infelizmente não há cura. Tratamentos melhores e mais eficazes são extremamente necessários”, disse o professor Han Xiao.

O câncer geralmente evita o ataque do sistema imunológico do corpo, cooptando sistemas reguladores que amortecem a resposta imune. Os inibidores de checkpoint são drogas que bloqueiam essa evasão. Eles visam proteínas de amortecimento imunológico na superfície das células cancerígenas, permitindo que o sistema imunológico reconheça o câncer e o marque para destruição pelas células T.

Os inibidores de checkpoint têm sido um divisor de águas para o tratamento de alguns tipos de câncer, incluindo algumas formas de câncer de mama. Mas os inibidores de checkpoint atualmente aprovados até agora se mostraram ineficazes no tratamento de câncer ósseo metastático, disse o professor Xiao.

“O osso é um ambiente realmente imunossupressor”, destacou o pesquisador. “A proliferação de células T é menor e é muito difícil estimular as células T. É por isso que precisávamos encontrar um marcador, um marcador de checkpoint imunológico, que fosse específico para os ossos”.

Ao contrário de outros inibidores de checkpoint, que visam proteínas imunossupressoras, a terapia proposta visa uma glicoproteína específica, uma molécula que é parte proteína e parte açúcar.

Os conjugados de glicoproteínas são abundantes na natureza e são uma das especialidades do Dr. Han Xiao. Biólogo químico, seu grupo de pesquisa se concentra na imunologia do câncer e na glicobiologia para entender a interface entre o câncer e a imunidade.

Os pesquisadores identificaram anteriormente a glicoproteína como um alvo de checkpoint glico-imune que era prevalente em células de câncer ósseo metastático. Então, eles desenvolveram uma droga que se liga à glicoproteína e se mostrou notavelmente eficaz em testes preliminares. Nos primeiros testes com animais em uma pequena amostra de roedores, por exemplo, o tratamento erradicou o câncer de alguns animais.

“Nosso estudo revelará, pela primeira vez, como um bloqueio do checkpoint glico-imune no osso pode impedir a metástase óssea e as subsequentes metástases multiorgânicas”, concluiu o professor Xiang Zhang.

Acesse a notícia completa na página da Universidade Rice (em inglês).

Fonte: Jade Boyd, Universidade Rice.

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2024 farma t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional nas áreas de Ciências Biológicas, Biomédicas e Farmacêuticas, Saúde e Tecnologias 

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account