Notícia

Na Inglaterra, vacinação contra a COVID-19 reduz o risco de infecção pela metade em crianças em idade escolar

Novos dados do estudo REACT mostram que as infecções têm diminuído, mas ainda estão muito altas, em uma taxa semelhante a janeiro deste ano na Inglaterra

Pixabay

Fonte

Imperial College de Londres

Data

segunda-feira, 22 novembro 2021 11:25

Áreas

Doenças Infecciosas. Saúde da Criança. Saúde Pública. Vacinas.

Resultados de testes swab feitos em casa por mais de 100.000 pessoas na Inglaterra entre 19 de outubro e 5 de novembro mostraram que 1,57% das pessoas foram infectadas, ou 1 em 64. Essa proporção é um pouco menor do que aquela mostrada em dados provisórios recentes do estudo REACT (Avaliação em tempo real da transmissão comunitária da COVID-19), quando 1,72% foram infectados, mas quase o dobro dos dados de setembro.

Crianças em idade escolar tiveram a maior prevalência de infecção em 5,21% para 13-17 anos de idade e 4,95% para aqueles com idade entre 5-12 anos, ou cerca de 1 em 20. No entanto, o estudo, liderado pelo Imperial College de Londres com a empresa Ipsos MORI, também descobriu que a vacinação estava ajudando a reduzir a disseminação do vírus entre as crianças. Aqueles com idades entre 12-17 anos que receberam uma única dose da vacina Pfizer/BioNTech tiveram um risco cerca de 56% menor de infecção em comparação com crianças não vacinadas. O risco foi ainda menor para infecção sintomática, em torno de 68%.

O estudo também avaliou a eficácia das doses de reforço na prevenção da infecção, descobrindo que o risco de infecção foi cerca de três vezes menor naqueles que receberam uma terceira dose, em comparação com aqueles que receberam duas. Para aqueles com 50 anos ou mais, uma terceira dose reduziu o risco de infecção em cerca de metade em comparação com o esquema de duas doses.

O professor Dr. Paul Elliott, diretor do programa REACT da Escola de Saúde Pública do Imperial College, explicou: “Embora as hospitalizações e mortes permaneçam mais baixas do que os picos anteriores, mas os dados mostram que as infecções em todo o país permanecem muito altas. A taxa de prevalência tem diminuído constantemente, mas um número geral de 1,57%  ainda é quase duas vezes maior do que o registrado anteriormente. É possível que a taxa de prevalência possa aumentar mais uma vez agora que as crianças voltaram à escola, embora isso possa ser pelo menos parcialmente compensado por tantas pessoas quanto possível recebendo doses de reforço e aqueles com 12 anos ou mais tendo tomado a vacina”.

Estas descobertas do estudo REACT, realizado na Inglaterra e encomendado pelo Departamento de Saúde e Assistência Social, estão disponíveis em um artigo na forma de pré-print, ainda a ser submetido à revisão por pares. Os dados são continuamente comunicados ao Governo para auxiliar a tomada de decisões no Reino Unido.

Acesse o artigo na forma de pré-print (em inglês).

Acesse a notícia completa na página do Imperial College de Londres (em inglês).

Fonte: Justine Alford, Imperial College de Londres. Imagem: Pixabay.

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2022 farma t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional nas áreas de Ciências Biológicas, Biomédicas e Farmacêuticas, Saúde e Tecnologias 

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account