Notícia

Startup desenvolve nova droga injetável para fraturas ósseas

Startup Novosteo nasceu de pesquisas da Universidade Purdue, nos Estados Unidos

Shutterstock

Fonte

Universidade Purdue

Data

sábado, 26 setembro 2020 18:05

Áreas

Desenvolvimento de Fármacos. Indústria Farmacêutica. Química Medicinal.

Uma startup que nasceu na Universidade Purdue, nos Estados Unidos, e que tem se destacado pelo seu novo medicamento injetável para fraturas ósseas, está crescendo e incorporando novos cientistas à sua equipe.

A Novosteo Inc. foi co-fundada pelo Dr. Philip S. Low, professor de Química da Universidade Purdue, e o Dr. Stewart A. Low, que é seu filho, pós-doutorando do Departamento de Química de Purdue e também diretor científico da empresa.

Um dos medicamentos injetáveis ​​da startup é o único que se concentra no local da fratura enquanto reduz sua exposição ao resto do corpo. Enquanto a equipe se prepara para levar a droga para testes clínicos, mais cientistas estão se juntando à Novosteo em sua sede no Parque de Pesquisas da Universidade Purdue.

“As histórias que ouvimos de tantas pessoas sobre suas experiências devastadoras com ossos fratirados realmente nos motivam a ir em frente. Pode ser um paciente idoso, um ente querido ou alguém que sofre de uma doença rara que está liidando com fraturas ósseas. Queremos oferecer opções não invasivas para melhorar a qualidade de vida e, em alguns casos, salvar uma vida”, destacou o Dr. Stewart Low.

Uma novo membro da equipe Novosteo é Jeffery Nielsen, doutorando da Univevidade Purdue e que atua como diretor de pesquisa e desenvolvimento. Nielsen foi atropelado por um caminhão quando era criança e quebrou vários ossos. “A recuperação de fraturas ósseas era difícil na infância, mas sabemos que é significativamente mais difícil para adultos mais velhos. Estou motivado a usar minhas experiências pessoais e profissionais para ajudar a melhorar vidas”, disse o pesquisador.

Nielsen trabalhou anteriormente com terapias ósseas direcionadas, startups de tecnologia e procedimentos de crescimento de órgãos.

O tratamento foi desenvolvido em laboratório do instituto de Desenvolvimento de Fármacos de Purdue.

A Novosteo já está olhando para o uso futuro da droga injetável direcionada para outras aplicações, incluindo implantes dentários, fraturas craniofaciais e próteses de quadril e joelho. A empresa também possui uma linha de medicamentos para o tratamento de uma série de doenças musculoesqueléticas.

Acesse a página da Novosteo (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade Purdue (em inglês).

Fonte: Universidade Purdue. Imagem: Shutterstock.

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Canal Farma | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Ciências Farmacêuticas, Tecnologias e Saúde da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account