Destaque

App Leishcare ajuda no diagnóstico da Leishmaniose

Fonte

FAPEMIG | Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais

Data

segunda-feira. 28 setembro 2020 07:00

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) desenvolveu, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), um aplicativo para auxiliar profissionais de saúde no diagnóstico da Leishmaniose. Nomeado de LeishCare, o app não dispensa o médico, mas busca tornar o diagnóstico e atendimento ao paciente mais rápido.

O aplicativo funciona como um prontuário, onde os profissionais podem inserir os dados do paciente. Segundo Priscilla Silva, doutoranda do Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Infectologia da UFTM, , também é possível fazer fotos durante as consultas para acompanhar a evolução do paciente. “Se a pessoa tiver com Leishmaniose tegumentarpodemos acompanhar a lesão”, informou a doutoranda.

Outra funcionalidade do LeishCareé a possibilidade de calcular o score da doença em sua forma grave. Priscilla explica que ele funciona por meio de parâmetros disponibilizados em manuais de saúde para prever o risco de morte dos pacientes.

É possível, ainda, compartilhar alguns dados com profissionais de saúde referência no tratamento da Leishmaniose, afim de trocar ideias clínicas para uma melhor condução do atendimento. Assim, como acessar manuais de referências do Ministério da Saúde para o tratamento da doença.

O aplicativo está disponível, de forma gratuita, no Play Store (sistema Androide) e seu desenvolvimento foi coordenador pela professora Dra. Luciana Teixeira, da UFTM. Além das pesquisadoras, participaram do estudo o professor Dr. David Calhau Jorge e o mestrando do Programa de Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica, Gerson Fonseca Junior.

Acesse a notícia na página da FAPEMIG.

Fonte: Tuany Alves, FAPEMIG.

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Canal Farma | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Ciências Farmacêuticas, Tecnologias e Saúde da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account