Notícia

Estudo científico busca estratégia para conter a proliferação do mosquito transmissor da malária

Pesquisadores avaliaram se compostos bioativos encontrados em plantas nativas da Amazônia ou que estão depositados em banco de dados de moléculas têm potencial para inibir a enzima trealose-6-fosfato fosfatase, proteína produzida pelo organismo do mosquito ‘Anopheles’

Pixabay

Fonte

FAPEAM | Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas

Data

sábado, 7 novembro 2020 10:40

Áreas

Doenças Infecciosas. Saúde Pública.

Testes em laboratório (in vitro) verificaram que compostos orgânicos podem futuramente ser utilizados como nova ferramenta para o controle populacional do mosquito do gênero Anopheles, agente transmissor da malária humana.

Com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), os pesquisadores avaliaram se compostos bioativos encontrados em plantas nativas da Amazônia ou que estão depositados em banco de dados de moléculas têm potencial para inibir a enzima trealose-6-fosfato fosfatase, proteína produzida pelo organismo do Anopheles e, que desempenha papel fundamental no metabolismo e fisiologia do mosquito.

De acordo com o Dr. Marcos Cézar Fernandes Pessoa, a enzima é considerada uma molécula-chave para a sobrevivência de insetos vetores. Nestes insetos, o dissacarídeo trealose (produto da catálise da enzima) é o principal carboidrato da hemolinfa, utilizado tanto como fonte de energia durante o voo quanto para outras vias metabólicas vitais.

Frentes de Pesquisa

O projeto teve duas frentes de pesquisa: uma de prospecção a partir dos extratos vegetais de plantas amazônicas e outra por estudos de triagem (screening) virtual de compostos orgânicos por acoplamento/ancoragem (docking) molecular.

Na primeira pretendeu-se descobrir se existe na flora amazônica alguma espécie que produza compostos bioativos que sejam eficazes na inibição da atividade da enzima trealose-6-fosfato fosfatase. Nesta vertente não foram encontrados compostos bioativos que pudessem inibir a enzima, visto que nos bioensaios de dose as frações e os óleos essenciais tiveram atividade somente em altas concentrações e, por isso, não foram usados nos testes in vitro. Entretanto, esta alternativa demanda estudos mais detalhados a fim de se comprovar a eficácia ou não dos compostos oriundos da flora Amazônica contra esta enzima.

A segunda frente, por triagem virtual, foi importante para demonstrar se compostos orgânicos comercialmente disponíveis também podem ser eficazes na inibição desta enzima. Neste trabalho foi verificado que a triagem virtual e o acoplamento molecular demonstraram ser técnicas eficazes, pois compostos orgânicos mostraram, in vitro, atividade inibitória contra a enzima. Estudos com derivados orgânicos destes compostos, que possam ter maior afinidade ao sítio catalítico da trealose-6-fosfato fosfatase, são uma alternativa promissora para pesquisas futuras.

Descobrir a presença de compostos que possam ser inibidores potenciais da enzima trealose-6-fosfato fosfatase do mosquito Anopheles se deve ao fato da região Amazônica ser área endêmica de malária.

Acesse a notícia completa na página da FAPEAM.

Fonte: Helen de Melo, FAPEAM. Imagem: Pixabay.

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Canal Farma | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Ciências Farmacêuticas, Tecnologias e Saúde da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account