Notícia

UFMT desenvolve curativo de queimadura com babosa e própolis

Pesquisa em fase experimental tem financiamento da FAPEMAT

Hadi via Wikimedia Commons

Fonte

UFMT | Universidade Federal de Mato Grosso

Data

terça-feira, 18 janeiro 2022 11:05

Áreas

Biomedicina. Biotecnologia. Dermatologia. Fitoterapia.

Pesquisa da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) com foco no desenvolvimento de curativo para queimaduras à base de borracha natural, babosa e própolis, recebeu financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (FAPEMAT). O projeto encontra-se em fase de desenvolvimento experimental, com potencial de melhorar e diminuir os custos do tratamento.

Queimaduras que precisam de acompanhamento médico são, geralmente, ferimentos com uma extensão e profundidade considerável, o que as torna vulneráveis a infecções. Assim, o tratamento desses ferimentos deve incluir três funções: controlar o crescimento bacteriano, remover o tecido necrosado e estimular o crescimento do novo tecido. Atualmente isso é feito em etapas separadas, o que pode limitar a eficácia do tratamento.

“Ao produzir as membranas de borracha natural que estudamos podemos acrescentar diferentes compostos medicinais, como os presentes na babosa e no própolis, que irão tratar dos ferimentos de forma mais ampla, contribuindo para diminuir a frequência na troca de curativos do paciente”, explicou Loyane Almeida, pesquisadora de pós-doutorado e uma das responsáveis pelo projeto.

A babosa (também conhecida como aloe vera) e o própolis são panaceias com um forte lastro científico e de saberes populares. Isso porque a babosa é um fitoterápico com ação anti-inflamatória, imunomoduladora, que favorece o crescimento de vasos sanguíneos e restauração da pele. “A própolis, por sua vez, têm capacidade antioxidante, anti-inflamatória, analgésica, antibacteriana e antifúngica. Além disso, no processo de cicatrização, ela tem se indicado promissora devido à capacidade de aumentar a proliferação, ativação e crescimento das células da pele e estimular a expressão de colágeno”, afirmou Loyane, com base em pesquisa anterior realizada pelo grupo.

Além disso, a própria borracha natural é capaz de estimular células e fatores específicos envolvidos na cicatrização, como a angiogênese, processo de formação de novos vasos sanguíneos para nutrição e reparo da região da queimadura.

O projeto está em fase de desenvolvimento experimental na UFMT, Campus do Araguaia. “A proposta visa unir o melhor dos três: borracha natural, própolis e babosa. Primeiramente integrando conhecimentos físico-químicos e, então, entendendo quais os efeitos imunológicos e fisiopatológicos da membrana desenvolvida”, disse a pesquisadora, que completou: “Mais estudos ainda são necessários para determinar eficácia e segurança, antes da aplicação clínica em humanos  e é por isso que a aprovação e fomento pela FAPEMAT será tão importante”.

A pesquisa é supervisionada pela professora Dra. Paula Cristina Souza Souto, da UFMT Campus do Araguaia, que também é responsável pelo projeto.

Acesse a notícia completa na página da UFMT.

Fonte: André Faust, UFMT. Imagem: Hadi via Wikimedia Commons.

Em suas publicações, o Canal Farma da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Farma tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Canal Farma e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Farma, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2022 farma t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional nas áreas de Ciências Biológicas, Biomédicas e Farmacêuticas, Saúde e Tecnologias 

Entre em Contato

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account